Mangá mostra males estranhos em moradores de Fukushima e gera protesto

Mangá mostra males estranhos em moradores de Fukushima e gera protesto

Publicação sobre gastronomia "Oishinbo" sugere que habitantes de Futaba são vítimas de estranhos males após o acidente nuclear

/ AFP


Manga

A cidade japonesa de Futaba protestou contra uma revista em quadrinhos que insinua que seus habitantes são vítimas de estranhos males após o acidente nuclear da central de Fukushima Daiichi, localizada em seu município.

As autoridades municipais escreveram uma carta na quarta-feira à editora japonesa Shokagukan para denunciar, segundo elas, as mentiras apresentadas em um episódio recente do conhecido mangá sobre gastronomia "Oishinbo".

Na história em quadrinhos, um dos personagens desenhados por Akira Hanasaki diz que o nariz de muitas pessoas de Fukushima sangra inexplicavelmente.

"É inexato que muitos cidadãos tenham se queixado" destes sintomas, indicou a prefeitura de Futaba, que lembrou que a cidade "foi evacuada imediatamente após a catástrofe".

"Devido à publicação deste episódio, tanto os habitantes de Futaba quanto de toda a região de Fukushima podem ser vítimas de discriminação", afirmaram as autoridades locais, que consideraram a publicação prejudicial para a reconstrução da região.

"Não entendo por que, quando escrevemos a verdade como ela é, criticam", afirmou Tetsu Kariya, roteirista do mangá, que garantiu ter realizado um estudo de campo durante dois anos.

Este assunto coloca em campos opostos há vários anos os internautas; enquanto vários habitantes da região dizem sofrer com estes sintomas, outros afirmam o contrário.

Alguns exigem um estudo do caso mais detalhado em vez de uma disputa entre um mangá e a prefeitura.


Share on Google Plus

About Say me

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.