Vida de Japão - Dia a dia

Desculpe gente stou postando agora,  meu diario, q estava arquivado. Mas são recentes.
25/01
Hj trabalhei em uma linha diferente, da que de costume. Aqui temos q ser flexiveis ( no termo real, faz ou se queima, ou seja se fod*).
Mas nao acho tao ruim, o problema eh qdo te colocam pra ralar a cueca. Pois eh, hj foi um desses dias. Muito corrido, e vindo constantemente o pensamento: quem foi o fdp q inventou esse esquema?
Eh complicado!
Hj conheco os 2 lados dessa situacao, o cara que depende do trabalho ferrado p/se manter c/ dignidade, e a versao do Gestor da qual achou esta solucao mais viável, no sentido de automatizar quase tudo, cortando futuros gastos desnecessarios na visao Dele'. Mas enfim o paradigma eh; Qual eh a maneira com que se olha uma situacao.
No meu caso, estava em lugar do trabalhador em servico ferrado e braçal, e eh claro q não tinha outro pensamento na hora que voce esta suando como um animal de tetas, se lascando por 12hs, sendo em meio a maioria homens e so voce de mulher, ou seja no Japao nao tem essa, se vc eh homem ou mulher. VOCE vai ter que fazer o trampo fod*.
E olha so que coisa engraçada, na hora de te pagarem Voce eh mulher!
Nessa terra o valor pago em relacao a salario, tem diferenca sim, e eh ate irrelevante , pelo fato de muitas vezes a mulher fazer trabalho de homem, e se contentar c/ q te pagam.
Realidade >fods>fato!
Que ironia do destino, uma vez q estava fazendo faculdade, ensinavam-me, como lidar c/ situações assim, afim de encontrar soluções para a empresa e tentar burlar digamos assim, mexendo com o psicologico e motivacional...de colaboradores.
Enxergar com olhar do Gestor eh totalmente diferente. São ensinadas ferramentas(medidas) e tecnicas variadas das quais , voce teria que usar quando a situacao se complicasse... Ou tentar amenizar controversias, que possam atrapalhar o desenvolvimento da organização, dentre outros...
Observando pela visão mundana: tem q ser muito frio e calculista... Para se manter acima do poder .
(Vindo a mim conhecimentos, vindo de um professor ;
Mestre em Administração de Empresas . Participou de diversos cursos de extensão na área de finanças e negócios nos Estados Unidos. Executivo com ampla experiência em empresasc etc...)
Ou seja na epoca em eu estudava, me veio varias contradicoes, justamente pelo fato de conhecer, os 2 lados. Nao achava muito justo, no caso dos funcionarios, porem se colocarmos em lugar do gestor com certeza seriamos praticamente obrigados por assim dizer, a tomar decisoes baseadas nos interesses da organizacao. Triste realidade.
Share on Google Plus

About Say me

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.