Observações.

Oi gente... 
Hoje vendo as atualizações no face. Me peguei observando como nossa  trajetória é tão intensa. Todos os dias conhecemos uma história , pessoas e novos paradigmas.  Tudo vai acontecendo sem percebermos.
 Porque a vida não cessa.
Japão, um país onde se trabalha muito, boa parte de brasileiros e alguns conterrâneos da Am. Latina, também vieram a trab. durante o auge do movimento dekassegui (até hoje não se como escreve). 
Muitos se tornaram imigrantes, depois de ver o tempo passar, e decidiram ficar. 
Uns por perder a esperança de um dia voltar a terra natal, 
outros porque acreditam que aqui existe mais segurança, 
outros porque podem comprar coisas...
Ou... Não confiam em si mesmo. 
Existem pessoas das quais desconhecem o potencial que possuem.
O homem é um ser que pode fazer muitas coisas, mas antes é preciso "conhecer-se a si mesmo".
Conheço pessoas que atingiram seus objetivos, e hoje estão colhendo seus frutos, o que me alegra muito. 
Conheço pessoas que simplesmente estão deixando a vida levar, sem o minímo de planejamento. ( lembrei até de uma música - Deixa vida me levar, vida leva eu!), eu a cantava para as pessoas que estavam desanimadas com a jornada no Japão, e por incrível que pareça, por motivos de senso psicológico, ao escutar eu cantando, a pessoa tratava logo de levantar o ânimo
 e seguir com suas esperanças e objetivos. 
Acredito eu, que a música despertava um certo chacoalhão, afim de não cair no desanimo ou zona de conforto. A verdade eh que as pessoas ficavam estressadas porque elas não queriam estar naquela posição, então buscavam forças dentro de si para continuar.
Fico feliz por ter ajudado de alguma forma.



Share on Google Plus

About Say me

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.