O preparo pode salvar uma vida

Medidas tomadas antes e segundos depois do terremoto podem salvar a sua vida e de outras pessoas.

Eu sei que não é fácil. Mas a primeira coisa é: mantenha a calma. O importante são as medidas de prevenção adotadas antes:
  • prenda armários ou móveis e objetos que possam cair sobre você e sua família;
  • saiba onde fica o refúgio (HINANJO) mais perto de sua casa;
  • marque previamente um local de encontro com a família, em caso de evacuação, de preferência nos locais de refúgio;
  • confira quanto tempo leva andando do seu local de trabalho ou escola até o refúgio;
  • conheça outros atalhos que levem ao refúgio, caso o caminho principal esteja obstruído;
  • use o número 171 para deixar recados para familiares e amigos;
  • prepare e mantenha renovado o kit terremoto.

O que fazer depois de um terremoto

>>> NOS PRIMEIROS SEGUNDOS
  • Apague o fogo. Desligue o gás. Nas construções mais modernas, o sistema de gás se desliga automaticamente.
  • Proteja-se embaixo de uma mesa resistente. Se possível, cubra a cabeça com uma almofada ou toalha.
  • Destranque a porta para garantir a fuga.
  • Não saia correndo para a rua durante o terremoto. O melhor é procurar um lugar seguro dentro do próprio recinto.
  • Se estiver dirigindo, pare o carro com cuidado e desligue o motor. Não pare no meio da rua. Quando sair do carro, deixe a chave na ignição.
>>> NOS PRIMEIROS MINUTOS
  • Em caso de incêndio, apague imediatamente as chamas utilizando o extintor e grite “KAJI” (incêndio) para alertar os vizinhos.
  • Tente colher o máximo de informações pela TV, rádio, celular ou internet.

>>> DEPOIS DE TRÊS MINUTOS
  • Vá para o refúgio mais próximo. Tenha sempre à mão o kit terremoto. Não tente retornar para casa sem antes saber se há perigo de desabamento.
  • Quem mora próximo à praia, deve prestar atenção ao alerta de maremoto (tsunami). Nesse caso, busque refúgio num terreno elevado. Encostas de rios também oferecem perigo. Saia do local o mais rápido possível.
  • Busque os filhos na escola ou entre em contato para saber que medidas estão sendo tomadas. Em muitos locais a própria escola é o local de refúgio. Informe-se sobre isso.
  • Aguarde os familiares no local de refúgio por pelo menos 12 horas. Não deixe o local para procurar por outras pessoas. Comunique o desaparecimento aos responsáveis do refúgio.
O vídeo abaixo mostra uma reportagem que a equipe do JPTV fez em janeiro de 2011. Na época não tínhamos ideia da tragédia que estava para acontecer dois meses depois.
https://www.youtube.com/watch?v=6fs78rMR20k



Share on Google Plus

About Say me

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.