Bullying no Japão - Pais de aluna brasileira quer indenização

Pais de estudante brasileira de escola pública de Hamamatsu exigem indenização por bullying

 Aluna quer indenização por bullying
O caso de uma estudante brasileira de 13 anos que sofreu bullying na escola, está sendo estudado pelo Tribunal Regional de Shizuoka. Junto com os pais, a estudante exige uma indenização de ¥ 1,70 milhão de colegas de classe e da Prefeitura, por danos físicos e emocionais.

Segundo a ata do processo, divulgada pelo jornal Shizuoka, a adolescente ingressou no “chuugakkou” público de Hamamatsu em abril de 2013 e foi ordenada a sentar atrás de um aluno.

No final de maio do mesmo ano, a brasileira levou um chute na costela do colega, tendo que faltar à aula.

Mesmo após uma reunião com os responsáveis, a escola negou a existência de bullying (ijime). A menina foi transferida em janeiro de 2014 para outra escola, na província de Aichi.

O processo estudado pelo Tribunal questiona a negligência do professor responsável pela classe, que não fez nada para impedir os maus-tratos contra a aluna brasileira.


O Comitê Educacional de Hamamatsu disse ao Jornal Shizuoka que “só pode se pronunciar após estudar o caso”.

Como se diz em japonês?
  • Bullying: ijime (いじめ)
  • Processar: teiso suru (提訴)
  • Colega de classe: doukyuusei (同級生)
Share on Google Plus

About Say me

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.